A morte real, a morte produzida

Autoridade humanista e terrorismo despótico tem a mesma natureza.

Essa autoridade humanista ela vai ter basicamente dois modelos, um modelo jurídico e um modelo empirista.
O modelo empirista inglês, na verdade, é o que vinga.

Foucault nas análises que faz do liberalismo alemão e do liberalismo americano, vai detectar duas condições do novo capitalismo: uma que investe numa certa FORMALIZAÇÃO, sem a qual o livre mercado, o livre empreendimento, não se constitui e não se prolifera, e a outra onde há um sujeito radical de desejo impenetrável ao controle do governo. É um liberalismo radical, um economicismo radical que vai fazer da lei ou da NORMA inteiras funções desse desejo, de um sujeito de interesse acima até do sujeito de direito. O sujeito de direito como um efeito, um regulador do sujeito de interesse’.